FANDOM


Flâmine era, na religião romana, um sacerdote a quem era designado um dos deuses ou deusas patrocinados pelo Estado. Havia quinze flâmines na República Romana, dos quais os mais importantes eram os flamines maiores (ou "sacerdotes principais"), que serviam os três principais deuses romanos da chamada Tríade Arcaica; os doze restantes, dois dos quais são desconhecidos hoje em dia, eram os flamines minores("sacerdotes menores").


Exigia-se que os três flamines maiores pertencessem à classe social dos patrícios.

Flamen Dialis supervisionava o culto a Júpiter , divindade dos céus e soberano dos deuses.

Flamen Martialis supervisionava o culto a Marte , o deus da guerra, e liderava os serviços públicos nos dias consagrados ao deus. A lança sagrada de Marte era brandida ritualmente pelo Flamen Martialis quando as legiões se preparavam para a batalha.

Flamen Quirinalis supervisionava o culto a Quirino , que presidia sobre a vida social organizada dos romanos, e era relacionado ao aspecto pacífico de Marte. O Flamen Quirinalis  conduzia os serviços públicos nos dias consagrados a Quirino .

Um quarto flamen maior foi adicionado, após 44 a.C., dedicado a Júlio César. Quando o culto imperial foi implementado, também se adicionaram novos flamines para cultuar os divinos imperadores.

Os doze flamines minores podiam ser plebeus. Algumas das divindades que veneravam eram um tanto obscuras, e apenas dez são conhecidos por nome (ao lado, a divindade pelo culto da qual era responsável):

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória