FANDOM


Jasão e o Velo de ouro (5)

velo de ouro ou velocino de ouro é a lã de ouro do carneiro alado Crisómalo.

Frixo, filho de Atamante, por causa das artimanhas de sua madrasta, fugiu com sua irmã Hele da Grécia, nas costas de um carneiro, cujo pelo era de ouro. Na passagem da Europa para a Ásia, Hele caiu no mar, no local que passou a ser chamado de HelespontoFrixo continuou a viagem, atravessou o Ponto e chegou à Cólquida, onde, obedecendo a um oráculo, sacrificou o carneiro e ofereceu seu pelo no templo de Ares.

Eetes, rei da Cólquida, recebeu um oráculo de que morreria se estrangeiros desembarcassem e levassem embora o velocino de ouro. Por causa disto, e por sua crueldade, Eetes ordenou que os estrangeiros fossem sacrificados, para que sua fama de cruel afastasse os estrangeiros da Cólquida.Ele protegeu o santuário com um muro, e colocou em volta do santuário, touros que soltavam fogo (tauroi) e um dragão que nunca dormia (drakon ).

Medeia  levou os argonautas  ao santuário, que ficava a setenta estádios de Síbaris, a cidade que tinha o palácio dos reis da Cólquida. Medeia falou com os guardas na língua da Táurida, e estes abriram os portões para os argonautas, que mataram vários guardas e afugentaram os demais, pegaram o velocino, e fugiram para os barcos. Enquanto isto, Medeia matou o drakon que nunca dormia com venenos, e foi se encontrar com Jasão . Eetes, alertado pelos guardas em fuga, atacou os gregos, e matou Ífito , irmão de Euristeu , porém na luta foi morto por Meleagro. Os gregos, apesar de alguns feridos, derrotaram os bárbaros, e conseguiram fugir.

Após a morte sacrificial Crisómalo se transformou na constelação de Áries .

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória